Dieta Low Carb! Descubra como evitar os efeitos colaterais

Como tudo em excesso faz mal, limitar-se a um determinado alimento também pode te deixar exposto à falta de nutrientes que o seu corpo precisa. Esse tipo de dieta deve ter um objetivo e um período curto de tempo, não podemos esquecer claro, do acompanhamento de um profissional da área que também é muito importante.

De acordo com a nutricionista e fisioterapeuta Vanderli Marchiori, é de grande valia que os benefícios não sejam maiores que o risco.

 Efeitos colaterais

1 MAU HÁLITO

Devido a restrição alimentícia, o hálito muda, podendo ficar mais desagradável. De acordo com Vanderli Marchiori, o culpado é a falta de glicose, pois sem estoque de energia as células recorrem aos ácidos graxos presentes na gordura armazenada no fígado e quando essas substâncias são quebradas, elas produzem corpos cetônicos, ou seja cheiro de acetona. Para amenizar o mau hálito, se necessário raspe a língua para retirar saburra, pois ela é formada pelos restos de alimentos que causam o mau cheiro. Beba mais água, isso irá aumentar a salivação e vai deixar a boa limpa.

2 MAU HUMOR 

A falta de humor tem a ver como a substância cerebral chamada serotonina, que regulariza o humor, o sono e o apetite. A produção desse neurotransmissor vai depender do suprimento de um aminoácido essencial, o triptofano, presente em alimentos que contêm proteína. Para evitar esse sintoma, a dica é se a dieta restringir até mesmo alimentos que são fonte de carboidrato complexo, no caso a batata-doce, mandioca e cereais, faça alguma atividade física que seja prazerosa para você.

3 FOME CONSTANTE

Segundo a nutricionista Vanderli Marchiori, no momento que você tira totalmente a ingestão de calorias, o corpo manda um sinal ao seu cérebro como se fosse um ataque. E para não morrer, ele manda uma ordem, para que você procure bem rápido por um alimento, de preferência que não seja saudável. Para conseguir amenizar por esse sintoma, opte por alimentos que são capazes de dar mais saciedade, como por exemplo, proteínas que demoram mais para serem digeridas e o que for rico em fibras que são frutas, verduras e grãos pois eles precisam ser mastigados mais vezes para serem digeridos, dessa forma o cérebro tem o tempo que precisa para processar que você já comeu a quantidade suficiente de comida.

 

Este site tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

 

FONTE BOA FORMA